TESTOSTERONA LIVRE

Código:

TESTL

Sinônimo:

Androgenio livre, testo livre calculada

Material:

Soro

Volume:

1,0 mL

Método:

Calculado

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

Hemólise acentuada

36 horas

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Hora

0

3

0

Coleta:

Preparo: Crianças até 6 anos de idade: jejum de 3 horas. Crianças maiores de 6 anos e adultos: jejum de 8 horas. A coleta deve ser feita pela manhã, até 2 horas após o horário habitual de acordar Recipiente: Tubo seco ou gel separador Coleta: Realizar coleta utilizando material e recipiente adequados. Aguardar 30 min para retração completa do coágulo. Centrifugar a amostra a 3200 rpm por 12 minutos e acondicionar corretamente.

Interpretação:

Um por cento da testosterona circula sob forma livre (TL). Esta é a fração biologicamente ativa, que se liga ao receptor de androgênios e é também reduzida a 5a-dihidrotestosterona (DHT), que se liga a este receptor de forma mais forte e estável, tento potência androgênica 5 vezes maior que a testosterona. Testosterona livre e biodisponível são calculadas por uma fórmula encontrada no site www.alvaro.com.br, que considera os valores de testosterona total em ng/dL, albumina como um valor fixo de 4,3 em g/dL e SHBG em nmol/L). Indicações: Diagnóstico do hipogonadismo masculino; avaliação de puberdade precoce; diagnóstico de tumores virilizantes; avaliação do hirsutismo. Interpretação clínica: No hipogonadismo de origem testicular ou de origem central, seus níveis são baixos. Em casos de hirsutismo, é comum o achado de pelo menos uma discreta elevação dos níveis de testosterona. Dosagens muito altas sugerem tumores virilizantes do ovário, sendo raros os casos de tumores de supra-renal produtores de testosterona isoladamente. Para a confirmação de valores baixos de testosterona total é indicada a dosagem de testosterona livre e biodisponivel.

Referência:

Feminino:
Pré- púberes: Sem valor de referência definido
Menacme:
Fase folicular : 0,18 a 1,68 ng/dL
Meio do ciclo : 0,3 a 2,34 ng/dL
Fase lútea : 0,17 a 1,87 ng/dL
Pós- menopausa : 0,19 a 2,06 ng/dL
Masculino:
Abaixo de 17 anos:Sem valor de referência definido
17 a 40 anos : 3,4 a 24,6 ng/dL
41 a 60 anos : 2,67 a 18,3 ng/dL
Acima de 60 anos : 1,86 a 19,0 ng/dL

OBS: Testosterona Livre Calculada através da dosa-
gem de Testosterona Total, SHBG e, com associação
da constante Albumina-Testosterona em uma concen -
tração média estimada de 4,3 g/dL de Albumina.
Amostras de gestantes e pacientes em uso de con -
traceptivos orais e drogas anti-epiléticas podem
ter valor aumentado para SHBG o que pode resul-
tar em valores baixos para a Testosterona Livre
Referência Bibliográfica:
VERMEULEN A, VERDONCL L, KAUFMAN JM. A critical
evaluation of simple methods for the estimulation
of free testosterone in serum. J Clin Endoclinol
Metabol 1999;84:3666-3672.
VIEIRA JH, FERRER CF, CHIRINGHELLO MT, TACHIBANA
T, HAUACHE OM. Definition of normal range for free
testosterone (FT) calculated from total testoste -
rone (TT) anda sex hormone - bindinhg globulin
(SHBG). Clin Chem 2002;48(6):Suppl A114.