Metanefrinas - amostra isolada

Código:

MTNEFRISO

Sinônimo:

Normetanefrinas em urina isolada

Material:

Urina EXT

Volume:

10,0 mL

Método:

Metanefrinas: Cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) / Creatinina: Cinético colorimétrico

Volume Lab:

10,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

12 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Hora

0

7

0

Coleta:

Realizar a coleta de urina amostra isolada em Frasco Esteril. - Para a realizacao da coleta, o cliente precisa estar ha duas horas sem urinar. - É necessaria a informacao da idade ou data de nacimento do cliente. - Em mulheres, o exame deve ser feito idealmente fora do periodo menstrual. - Nao fazer uso de contraste radiologico durante as 48 horas que antecedem o exame. - Os antidepressivos triciclicos (amitriptilina, clomipramina, imipramina e nortriptilina), a levodopa e os betabloqueadores (atenolol, carvedilol, labetalol, metoprolol, propranolol e sotalol) podem elevar os niveis de metanefrinas. - Dessa forma, esses medicamentos, se possível, devem ser descontinuados nos sete dias anteriores a coleta, evidentemente com o consentimento do medico assistente.

Interpretação:

As metanefrinas e as normetanefrinas são, respectivamente, metabólitos da adrenalina e da noradrenalina, dois hormônios secretados nos tumores da medula adrenal. O método utilizado consegue dosar ambas as substâncias em conjunto, fornecendo o resultado de metanefrinas totais. Este exame tem utilidade na triagem dos tumores adrenais medulares, tais como o feocromocitoma, mas também pode auxiliar o diagnóstico de neuroblastomas e ganglioneuromas. Vale lembrar que os inibidores da monoaminoxidase e a retirada abrupta de drogas como álcool, benzodiazepínicos e clonidina também podem resultar em aumento das metanefrinas

Referência:

Creatinina: 0,2 a 3,5 g/L

Metanefrinas e Normetanefrinas
Idade inferior a 6 meses:
Metanefrinas: de 83 a 523 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 574 a 3.856 µg/g de creatinina
Total: de 865 a 4.173 µg/g de creatinina

De 7 a 11 meses:
Metanefrinas: de 45 a 419 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 527 a 2.730 µg/g de creatinina
Total: de 730 a 2.980 µg/g de creatinina.

De 1 a 2 anos:
Metanefrinas: de 78 a 509 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 233 a 2.000 µg/g de creatinina
Total: de 311 a 2.509 µg/g de creatinina.

De 3 a 8 anos:
Metanefrinas: de 57 a 237 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 124 a 516 µg/g de creatinina;
Total: de 256 a 1.528 µg/g de creatinina.

De 9 a 12 anos:
Metanefrinas: de 38 a 188 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 46 a 517 µg/g de creatinina;
Total: de 219 a 1.364 µg/g de creatinina

De 13 a 17 anos:
Metanefrinas: de 34 a 126 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 45 a 324 µg/g de creatinina;
Total: de 110 a 510 µg/g de creatinina.

Homens adultos:
Metanefrinas: de 20 a 150 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 70 a 335 µg/g de creatinina;
Total: de 110 a 480 µg/g de creatinina.

Mulheres adultas:
Metanefrinas: de 30 a 165 µg/g de creatinina;
Normetanefrinas: de 105 a 375 µg/g de creatinina;
Total: de 150 a 510 µg/g de creatinina.

ATENÇÃO: Alteração da metodologia a partir de
22/08/2018.

Metodologia antiga: Cromatografia líquida de alta
eficiência (HPLC).