Isoenzimas de Lactato Desidrogenase (LDH)

Código:

ISOLDH

Sinônimo:

LDH1, LDH2, LDH3, LDH4 e LDH5

Material:

Soro congelado EXT

Volume:

3,0 mL

Método:

Eletroforese em agarose

Volume Lab:

3,0 mL

Rotina:

Resultado em:

Interferentes:

Hemólise

20 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

0

0

0

Coleta:

Coletar 1 tubo de sangue total, centrifugar e encaminhar 1 mL de soro congelado. - Não é necessário jejum.

Interpretação:

No soro humano normal, a atividade da amilase pancreática corresponde a cerca de 30% do total, enquanto a fração salivar é responsável por 70%. Valores elevados de amilase total podem corresponder a pancreatites agudas ou crônicas, porém também ocorrem em doenças extrapancreáticas, como caxumba, parotidites não-virais, tumores de ovário etc. Indicação: Em casos de dúvida sobre a origem da hiperamilasemia Interpretação clínica: A amilase pancreática está elevada, invariavelmente, na pancreatite aguda. Também está elevada na pancreatite crônica recidivante, hipoparatireoidismo e glomerulonefrite.enquanto. A isoenzima salivar está diminuída para 0 a 15% de sua atividade normal na pancreatite aguda, para 12 a 25% em pacientes com pancreatite crônica recidivante e para próximo a zero em pacientes com carcinoma de cabeça de pâncreas. A amilase salivar está elevada em pacientes com pancreatite crônica, parotidite infecciosa, insuficiência pancreática, síndrome de Sjögren, colelitíase, ingestão de álcool, gastrenterite aguda, insuficiência respiratória aguda, insuficiência renal crônica, câncer de pulmão, e outras hiperamilasemias associadas a câncer. Sugestão de leitura complementar: Gillard BK, Simbala JA, Feig SA. Serum Amylase Isoenzymes in Cystic Fibrosis Patients. Evidence for a Generalized Defect in Exocrine Gland Secretory Regulation. Pediatric Research 1980; 14: 1168-72. Skude G. Pancreatic isoamylase as a routine test. Disponível em http://www.ifcc.org/ifcc-communications-publications-division-(cpd)/ifcc-publications/ejifcc-(journal)/e-journal-volumes/ejifcc-2001-vol-12/vol-12-no-1/pancreatic-isoamylase-as-a-routine-test/, consulta em 10 de maio de 2015.

Referência:

Total: 230 - 416 U/L

LDH-1: 16.1 - 31.5%

LDH-2: 29.2 - 41.6%
LDH-3: 17 - 26.2%
LDH-4: 5.9 - 12.3%
LHD-5: 3.2 - 17.3%

A distribuição tissular das frações é:
LDH1: coração, hemácias, córtex renal.
LDH2: hemácias, córtex renal, pulmão.
LDH3: pulmão, placenta.
LDH4: músculo esquelético, medula renal, placenta.
LDH5: fígado, músculo esquelético.

ATENÇÃO: Alteração do valor de referência a partir
de 13/11/2017.

Valor de referência antigo:
Total: 230 - 460 U/L
LDH-1: 22 - 36%
LDH-2: 30 - 40%
LDH-3: 16 - 32%
LDH-4: 5 - 13%
LDH-5: 4 - 8%