Imunofenotipagem para Linfócitos T CD3/Subpopulação CD4 -CD8

Código:

CD483

Sinônimo:

CD4, CD8 e CD3

Material:

Sangue EDTA - CD

Volume:

5,0 mL

Método:

Imunofenotipagem por Citometria de Fluxo - Plataforma Única

Volume Lab:

5,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

2 dia(s)

Temperatura:

Ambiente

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

36

0

0

Coleta:

Coleta deve ocorrer de 2º a 5º e NUNCA EM VÉSPERAS DE FERIADO devido a possíveis dificuldades de logística.

Interpretação:

Na AIDS o vírus HIV é especificamente citotóxico para as células CD4, provocando uma redução progressiva de seu número, de modo que este é um bom indicador prognóstico. No paciente infectado pelo HIV há queda aproximada de 80 células/mm3 por ano, o que pode ser mais acentuado se ocorrem infecções oportunísticas nesta trajetória. O linfócito T CD8 também é afetado na infecção pelo HIV, aumentando de valor no início da doença e retornando ao normal após alguns meses. Quando a infecção persiste, este número diminui, apesar de em progressão menor que a do linfócito T CD4. Como consequência a relação CD4/CD8 diminui. Sinônimos: Relação CD4/CD8 Indicações: Indicadores do estado imunológico de pacientes com imunodeficiência nas quais ocorrem alterações de linfócitos T supressores e T auxiliadores. Interpretação clínica: A quantificação de CD4 e a relação CD4/CD8 são indicadores do estado imunológico de pacientes com imunodeficiência nas quais ocorrem alterações de linfócitos T supressores e T auxiliadores. No estágio inicial de infecção e no indivíduo com baixo risco de doença o CD4 geralmente está acima de 500/mm3. Estes níveis podem ser vistos na infecção aguda, mas é mais comum que sejam observados níveis mais baixos. No estágio de alterações constitucionais ou do surgimento de sinais e sintomas menores é mais provável o encontro de CD4 entre 200 e 500 /mm3. No estágio com probabilidade da ocorrência de doenças oportunistas, geralmente, observa-se CD4 entre 50 e 200 /mm3. E no estágio mais avançado, quando já há importante comprometimento da resposta imunológica é comum CD4 bastante baixo, não raro inferior a 50 /mm3. Sugestão de leitura complementar: Aberg JA. Aging, inflamation and HIV infection. Top Antivir Med 2012; 20(3): 101-5. Tovo CV, Santos DE, Mattos AZ, et al. Avaliação da imunidade celular nos pacientes Co-Infectados pelo vírus da hepatite C e vírus da imunodeficiência humana. Arq Gastroenterol 2007; 44( 2 ): 113-7.

Referência:

0-3 meses: 1,1 - 6,62
0-3 meses: 55,5 a 71,2 %
0-3 meses: 2497,2 - 5241,6 /mm3
0-3 meses: 36,7 a 52,2 %
0-3 meses: 1685,5 - 3417,5 /mm3
0-3 meses: 10,8 a 24,9 %
0-3 meses: 485,4 - 1615,3 /mm3
3-6 meses: 47,9 a 68,4 %
3-6 meses: 1975,6 - 5308,9 /mm3
3-6 meses: 27,9 a 47,2 %
3-6 meses: 1357,8 - 3374,6 /mm3
3-6 meses: 11,8 a 22,4 %
3-6 meses: 522,5 - 1798,3 /mm3
3-6 meses: 1,1 - 6,6
06-12 meses: 51,8 a 68,5 %
06-12 meses: 2093,1 - 5054,5 /mm3
06-12 meses: 26,4 a 47,5 %
06-12 meses: 1360,9 - 3265,5 /mm3
06-12 meses: 11,5 a 26,3 %
06-12 meses: 559,5 - 1802,0 /mm3
06-12 meses: 0,8 - 3,5
01-02 anos: 52,6 a 69,4 %
01-02 anos: 1906,9 - 4313,9 /mm3
01-02 anos: 26,1 a 47,0 %
01-02 anos: 957,2 - 2727,1 /mm3
01-02 anos: 14,4 a 27,5 %
01-02 anos: 563,3 - 1753,2 /mm3
01-02 anos: 1,1 - 6,62
02-06 anos: 57,1 a 72,7 %
02-06 anos: 1498,4 - 3815,7 /mm3
02-06 anos: 27,7 a 46,3 %
02-06 anos: 786,2 - 2085,5 /mm3
02-06 anos: 15,7 a 33,8 %
02-06 anos: 452,3 - 1700,5 /mm3
02-06 anos: 1,1 - 6,6
06-12 anos: 61,1 a 77,4 %
06-12 anos: 1260,4 - 2610,1 /mm3
06-12 anos: 28,5 a 44,0 %
06-12 anos: 566,4 - 1292,5 /mm3
06-12 anos: 17,1 a 32,3 %
06-12 anos: 390,8 - 1010,6 /mm3
06-12 anos: 0,8 - 3,5
12-18 anos: 53,5 a 75,3 %
12-18 anos: 1088,1 - 2087,9 /mm3
12-18 anos: 30,7 a 46,0 %
12-18 anos: 639,5 - 1278,5 /mm3
12-18 anos: 16,2 a 28,7 %
12-18 anos: 332,0 - 774,2 /mm3
12-18 anos: 0,8 - 3,5
Adultos: 55,5 a 75,2 %
Adultos: 1350,0 - 2750,0 /mm3
Adultos: 30,7 a 49,0 %
Adultos: 477,5 - 1140,8 /mm3
Adultos: 13,8 a 27,4 %
Adultos: 211,7 - 724,6 /mm3
Adultos: 0,8 - 3,5