Imunoensaio de 4ª geração para determinação do HIV 1/2

Código:

HIV4

Sinônimo:

HIV1 teste

Material:

Soro

Volume:

1,0 mL

Método:

Eletroquimioluminescência (ECLIA) / Quimioluminescência (CMIA)

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

Hemólise acentuada

60 horas

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Dia

0

14

0

Coleta:

Preparo: Este exame não necessita de jejum. Recipiente: Tubo gel separador Coleta: Realizar coleta utilizando material e recipiente adequados. Aguardar 30 min para retração completa do coágulo. Centrifugar a amostra a 3200 rpm por 12 minutos e acondicionar corretamente. A amostra deverá ser enviada em tubo primário.

Interpretação:

O agente etiológico da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) é identificado como vírus da imunodeficiência humana (HIV). Os anticorpos anti-VIH estão presentes nos doentes infectados pela AIDS e nos indivíduos assintomáticos infectados pelo HIV. Após a penetração do vírus na célula por fusão com a membrana, o core viral se desintegra e o HIV transcreve o seu RNA em DNA através da transcriptase reversa. O DNA viral pode permanecer no citoplasma ou integrar-se ao genoma da célula, sob forma de pró-vírus, latente por tempo variável, replicando toda vez que a célula entra em divisão. A estratégia de sobrevivência do vírus HIV é a capacidade de multiplicação rápida e a capacidade de sofrer mutações, assim consegue desviar do sistema imunológico. Associados à infecção HIV ocorrem doenças oportunistas (pneumocistose, toxoplasmose, candidíase), neoplasias (sarcoma de Kaposi, linfomas B) e complexo demencial. Transmissão: contato sexual, exposição a sangue ou hemoderivados contaminados, infecção pré-natal do feto ou infecção perinatal do recém-nascido de mãe infectada.

Referência:

Amostra não reagente para HIV: ausência do antíge-
no p24 e anticorpos do HIV na amostra.
Amostra Reagente para HIV: presença do antígeno
e/ou anticorpos do HIV na amostra.

- Teste de Imunoensaio de 4ª geração:
Este exame contempla a etapa 1, conforme os
fluxogramas 3 e 6 do Manual Técnico para o
Diagnóstico da Infecção pelo HIV, definido pela
Portaria nº 29 de 17/12/2013 do MS/SVS/DEPTºDST,
AIDS e H.V. Para confirmação de resultados positi-
vos deve-se realizar teste complementar confirma-
tório(Teste molecular ou Western Blot) conforme o
Fluxograma 3 ou Fluxograma 6 do manual.

Obs1:Resultados Não Reagentes ou Indeterminados -
Persistindo a suspeita de infecção pelo HIV, uma
nova amostra deverá ser coletada 30 dias após a
data da coleta desta amostra.

Obs2:Resultados Reagentes confirmados após teste
complementar - Para comprovação do diagnóstico la-
boratorial, uma segunda amostra deverá ser coleta-
da e submetida ao primeiro teste do Fluxograma pa-
ra o Diagnóstico Laboratorial da Infecção pelo
HIV.

Quimioluminescência (CMIA) Abbott: Pesquisa simul-
tânea de Antígeno p24 e anticorpos de HIV-1(grupos
M e O) e HIV-2.
CMIA cutoff: 0,90
Eletroquimioluminescência (ECLIA) Roche: Pesquisa
Simultânea de Antígeno p24 e anticorpos de HIV-1
(grupos M e O) e de HIV-2.
ECLIA cutoff: 0,90

Material coletado, identificado e encaminhado
pelo cliente.