HELICOBACTER PYLORI DNA, PCR

Código:

HPYPCR

Sinônimo:

Material:

Fluidos Biológicos

Volume:

2,0mL

Método:

Reação em Cadeia da Polimerase-Tempo Real

Volume Lab:

2,0mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

20 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

0

0

Coleta:

Necessário minimo de 1,0 ml de amostra. Biópsia gástrica ou suco gástrico. O tipo de amostra a ser enviada depende da sintomatologia do paciente.

Interpretação:

Os testes moleculares para identificação de mutações associadas à resistência a antibióticos presentes em genes de H pylori são de grande utilidade para estudos em larga escala e para a prática clínica. Apesar do custo mais elevado do que outros exames, tem a vantagem de poder realizado em vários materiais: biópsia gástrica e duodenal, placa dentária, saliva, aftas, material de cultura, fezes e em águas contaminadas. Tem-se demonstrado a detecção de H Pylori também em placas ateromatosas. Indicações: Diagnóstico e avaliação da terapêutica de erradicação do H Pylori. Interpretação clínica: É um método de detecção do H pylori com alta sensibilidade e especificidade semelhante aos testes da urease e histológico. Tem sensibilidade e especificidade de 95%. Não parece haver diferença na sensibilidade caso as coletas sejam de antro ou de corpo gástrico. O exame pode ser realizado mesmo em materiais não mais viáveis, uma vez que o material molecular é mantido. Sugestão de leitura complementar: Casasola-Rodríguez B, Orta de Velásquez MT, Luqueño-Martínez VG, Monje-Ramírez I. Quantification of Helicobacter pylori in the viable but nonculturable state by quantitative PCR in water disinfected with ozone. Water Sci Technol 2013; 68(11): 2468-72. Premoli G, González A, Millán-Mendoza B, Percoco T Vielma A. Diagnóstico de Helicobacter pylori mediante la reacción en cadena de la polimerasa. Rev Cubana Med Trop 2004; 56 (2): 85 -90.

Referência:

Negativo