FEBRE AMARELA - Anticorpos IgG e IgM

Código:

FEBREA

Sinônimo:

Anticorpos antivirus da febre amarela

Material:

Soro FA

Volume:

8.0 mL

Método:

Imunofluorescência indireta

Volume Lab:

8.0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

18 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Hora

0

14

0

Coleta:

Coletar amostra em tubo soro gel separador, homogeneizar, aguardar 30 minutos para retração do coágulo com o tubo na vertical e após centrifugar. Enviar material no acodicionamento REFRIGERADO sem contato direto com o gelo.

Interpretação:

A febre amarela é uma infecção viral que ocorre em regiões tropicais e subtropicais da África e América do Sul. O vírus da febre amarela é um RNA vírus envelopado de 40-50nm da família Flavivirus, que incluí aproximadamente 70 tipos de vírus entre os quais estão também o da Dengue e da Hepatite C. Sete genótipos do vírus da febre amarela foram identificados até hoje. O vírus é transmitido pela picada de um mosquito (Aedes aegypti ou Haemagogus), que é ativo de dia e de noite e é capaz de se reproduzir em reservatórios de água muito pequenos ou até contaminados. O diagnóstico é estabelecido pela detecção do agente no sangue (detecção do RNA do agente especifico, através da técnica RT- PCR) dentro dos 5 primeiros dias após o início da doença ou ocasionalmente pelo crescimento do vírus no tecido ou pela detecção de anticorpo contra o vírus da febre amarela. Anticorpos IgM podem ser rapidamente detectados após o surgimento do primeiro sintoma, o anticorpo IgG é observado após dois dias. Reações cruzadas com o anticorpo contra outros flavovírus devem ser levadas em conta durante a avaliação.

Referência:

Anticorpos IgG
Não reagente: Inferior a 1/100

Anticorpos IgM
Não reagente: Inferior a 1/10