ESFERÓCITOS - Pesquisa

Código:

ESFER

Sinônimo:

Material:

Sangue total com EDTA+3 lâminas(esfregaço)sem anticoagulante

Volume:

4,0 mL + 3 láminas

Método:

Microscopia

Volume Lab:

4,0 mL + 3 láminas

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

24 horas

Temperatura:

Ambiente

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

168

0

0

Coleta:

ORIENTAÇÃO DE COLETA: - Jejum não necessário. - É obrigatório o envio do tubo de amostra com EDTA e de 3 lâminas com extensão sanguínea (esfregaço) sem coloração; - As amostras de sangue total devem ser coletadas em tubos com EDTA e enviadas sob refrigeração, de 2ºC a 8ºC evitando o contato direto com o gelo; - As lâminas devem ser identificadas com o nome completo do paciente, em caso de nomes extensos abreviar as inicias do meio e inserir o primeiro e último nome; - A etiqueta de código de barras deve ser colada no Porta Lâmina, na vertical; - É de extrema importância o envio de apenas um paciente para cada porta lâmina; - Identificações incompletas, numerações ou informações divergentes de lâmina e porta lâmina serão solicitadas recoletas.

Interpretação:

Exame que pesquisa células de formato esferocítico que decorrem da diminuição da relação entre superfície e volume e diminuição da resistência osmótica das hemácias. Indicações: Pesquisa da esferocitose hereditária. Interpretação clínica: Costumam estar presentes na esferocitose hereditária e em algumas anemias hemolíticas adquiridas. Sugestão de leitura complentar: Delhommeau F, Cynober T, Schischmanoff PO, et al. Natural history of hereditary spherocytosis during the fi rst year of life. Blood 2000; 95:393-7. Hassoun H, Vassiliadis JN, Murray J, et al. Characterization of the underlying molecular defect in spherocytosis associated with spectrin defi ciency. Blood 1997;90: 398-406.

Referência:

Negativo

ATENÇÃO:Alteração da metodologia a partir de
10/10/10.

Metodologia antiga:
Microscopia (Giemsa/May Grunwald)