COBALTO URINÁRIO

Código:

COB

Sinônimo:

Material:

Urinas metais pós jornada

Volume:

5,0 mL

Método:

ICP-MS (Plasma Indutivamente Acoplado ao Espectrometro de Massa)

Volume Lab:

50,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

4 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

120

0

Coleta:

Coletar urina após jornada de trabalho. Enviar amostra refrigerada.Enviar amostra aliquotada em tubo transporte.

Interpretação:

Exame realizado no sangue ou na urina visando avaliar toxicidade pelo cobalto (Co). Também é utilizado como 60Co na cobaltoterapia em substituição ao rádio no tratamento de alguns tipos de câncer. É também utilizado no tratamento da intoxicação por cianeto como CoEDTA (Comission of European Communities Industrial Health and Safety, 1987). Sinônimos: Co no sangue ou na urina Indicação: Avaliação de toxicidade pelo Co; Avaliação de deficiência de Co Interpretação clínica: A dosagem de Co urinário é o indicador biológico mais recomendado para monitorar a exposição de Co no ambiente de trabalho e tem Índice Biológico Máximo permitido (IBMP) inferior a 15,0 mcg/L. Sugestão de leitura complementar: Alves ANL, Della Rosa HV. Exposição ocupacional ao cobalto: aspectos toxicológicos. Rev Bras Ciências Farmac 2003; 39(2): 129-39.

Referência:

até 2,4 ug/L
IBMP*: até 15,0 ug/L
*Índice Biológico Máximo Permitido (ACGIH/2005).

Metodologia desenvolvida e validada pelo laborató-
rio de acordo com a RDC 302 de 13/10/2005, Art.
5.5.5.1.