CLORO

Código:

CLORO

Sinônimo:

Cloretos

Material:

Soro

Volume:

1,0 mL

Método:

Eletrodo seletivo/automatizado

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

36 horas

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

0

720

Coleta:

Jejum não obrigatório. - Retração do coágulo 30 min. - Centrifugar a amostra por 12 min a 3.200rpm. - Não manipular a amostra e enviar em tubo primário soro gel. **** Importante **** Volume mínimo de 540 uL

Interpretação:

O cloro (Cl-) é o anion com maior concentração no meio extracelular e, junto com o sódio, é o principal componente osmoticamente ativo. Assim, tem papel essencial na manutenção da neutralidade eletroquímica do líquido extracelular. Sinônimos: Cl Indicação: Avaliação dos distúrbios hidroeletrolícos e ácido-básicos. Interpretação clínica: - Condições que cursam com cloro aumentado: desidratações hipertônicas, acidoses tubulares renais, insuficiência renal aguda, diarréias com grande perda de bicarbonato, intoxicação por salicilatos, hiperparatireoidismo primário, alcalose respiratória, diabetes insipidus e hiperfunção adrenocortical. - Condições que cursam com cloro baixo: vômitos prolongados, aspiração gástrica, nefrite com perda de sal, acidose metabólica, insuficiência suprarrenal, porfiria intermitente aguda, secreção inapropriada de hormônio antidiurético (SIADH), aldosteronismo, doença de Addison, sudorese excessiva, cetoacidose diabética, acidose respiratória compensada. Sugestão de leitura complementar: Burton D, Rose TW. Post, clinical physiology of acid - base and electrolyte disorders. 5.ed. McGraw-Hill; 2001. DuBose TD, Hamm LL. Acid-base and electrolyte disorders: a companion to Brenner & Rector's. The Kidney. W Saunders. 2003.

Referência:

98,0 a 107,0 mEq/L