CALR mutação EXON 9

Código:

CALR

Sinônimo:

Calreticulina/ Pesquisa De Mutações No Éxon 9

Material:

Sangue total EDTA

Volume:

10,0 mL

Método:

PCR + Análise de fragmentos

Volume Lab:

10,0 mL

Rotina:

Resultado em:

Interferentes:

15 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

48

0

Coleta:

* Coletar 1 tubo de EDTA 4mL para amostras de SANGUE OU 1 tubo para amostras de MEDULA OSSEA, (de acordo com o pedido médico). *Manter e transportar a amostra sob refrigeração. *Proteger a amostra afim de evitar contato direto com o gelo. **Enviar junto com a amostra: *Copia pedido médico. **Atenção** É imprescindível o envio dos documentos solicitados para a análise do exame.

Interpretação:

Mutações no éxon 9 do gene CALR ocorrem em 30% das Trombocitemias Essenciais (TE) e Mielofibroses Primárias (MFP). Indicado diagnóstico de neoplasias mieloproliferativas, sobretudo trombocitemia essencial, mielofibrose primária e fase fibrótica pós-trombocitêmica ou policitêmica, especialmente para os pacientes que apresentarem resultado negativo para a busca de mutações nos genes JAK2 e MPL.

Referência:

ATENÇÃO: Alteração da metodologia a partir de
de 29/07/2019.

Metodologia antiga: PCR/Electroforese capilar