BCR/ABL1 quantitativo P210

Código:

P210

Sinônimo:

Bcr-Abl Tipo P210/BCR-ABL QUANTITATIVO P210

Material:

Sangue EDTA - Biomol

Volume:

12,0 mL

Método:

RT-PCR

Volume Lab:

12,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

5 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

0

0

0

Coleta:

* Coletar 3 tubos de EDTA 4mL para amostras de SANGUE OU 1 tubo para amostras de MEDULA OSSEA, (de acordo com o pedido médico) * Manter e trasportar a amostra sob refrigeracao. * Proteger a amostra afim de evitar contato direto com o gelo. . **Enviar junto com a amostra: * REQ02316 - Questionário de Translocações (devidamente preenchido e assinado) * copia pedido medico. **Atenção** É imprescindivel o envio dos documentos solicitados para a análise do exame.

Interpretação:

O cromossomo Philadelphia resulta de uma translocação balanceada entre o cromossomo 9 e 22, t(9;22) (q34; q11), o qual gera uma proteína de fusão BCR-ABL que apresenta atividade tirosina quinase aumentada. Esta translocação está presente em aproximadamente 95% dos pacientes com leucemia mieloide crônica, e em 20% das leucemia linfoide aguda em adultos. Este teste quantifica os transcritos b2a2 e b3a2 que codifica a p210. As isoformas b3a2/b2a2 (e14a2/e13a2) são predominantes na LMC e ocorrem em cerca de 1/3 dos pacientes adultos com LLA Ph+. Avaliação da resposta terapêutica para inibidores tirosina quinase (Glivec, Imatinibe; Dasatinibe, Nilotinibe) na LMC ou no monitoramento pós Transplante. Este teste quantifica o transcrito p210.

Referência: