ACETONA

Código:

ACETONA

Sinônimo:

Material:

Sangue Ref Quest

Volume:

3,0 mL

Método:

Cromatografia

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

20 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Hora

0

5

0

Coleta:

Sangue Total: Colher um tubo de sangue em tubo de fluoreto, enviar o material refrigerado. Plasma: Colher um tubo de sangue em EDTA, centrifugar imediatamente após a coleta, por 10 minutos e enviar o plasma refrigerado em tubo de alíquota.

Interpretação:

A acetona visa detectar intoxicação, já que é utilizada como solvente de esmalte e colas para plásticos. Na intoxicação pode haver congestão pulmonar, dispnéia, torpor e edema. Indicação: Avaliação de exposição à acetona no trabalho Interpretação clínica: Valores acima dos Limites biológicos de exposição (BEI) sugerem intoxicação por cetona ou isopropanol. Os níveis variam na dependência de diabetes descompensado, faixa etária, gravidez, lactação, exercício físico, dieta, trauma físico e ingestão de álcool. Sugestão de leitura complementar: Lees FP, Butterworth-Heinemann. Loss Prevention in the Process Industries, vol 3, 2ª Ed 1996

Referência:

Não Detectado

ATENÇÃO: Alteração do valor de referência e meto-
dologia a partir de 23/09/2019.

Valor de referência antigo:
Inferior a 2 mg/L

Metodologia antiga:
Cromatogragia Gasosa