WUCHERERIA BANCROFTI - Pesquisa

Código:

FILA

Sinônimo:

Pesquisa de filárias no sangue

Material:

Sangue total com EDTA+3 lâminas(esfregaço)sem anticoagulante

Volume:

4,0 mL + 3 lâminas

Método:

Microscopia

Volume Lab:

4,0 mL + 3 lâminas

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

24 horas

Temperatura:

Ambiente

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

168

0

0

Coleta:

Jejum não necessário. - É obrigatório o envio do tubo de amostra com EDTA e de 3 lâminas com extensão sanguínea (esfregaço) sem coloração; - As amostras de sangue total devem ser coletadas em tubos com EDTA e enviadas sob refrigeração, de 2ºC a 8ºC evitando o contato direto com o gelo; - As lâminas devem ser identificadas com o nome completo do paciente, em caso de nomes extensos abreviar as inicias do meio e inserir o primeiro e último nome; - A etiqueta de código de barras deve ser colada no Porta Lâmina, na vertical; - É de extrema importância o envio de apenas um paciente para cada porta lâmina; - Identificações incompletas, numerações ou informações divergentes de lâmina e porta lâmina serão solicitadas recoletas.

Interpretação:

Uso: diagnóstico da filariose. A filariose é uma doença comum nas áreas urbanas no sul da Ásia, transmitida pelo mosquito Culex. A microfilária mede 245-295 um, com forma facilmente visualizada em microscopia comum, (corada pelo Giemsa), especialmente se a coleta for realizada à noite (entre 0:00 e 3:00 horas). Pode ser corada pela acridina orange (examinada por microscopia de fluorescência), apresentando uma morfologia característica, com núcleo na cauda.

Referência:

Negativo

ATENÇÃO:Alteração do valor de referência e metodo-
logia a partir de 10/10/16.

Valor de referência antigo: Negativa

Metodologia antiga: Microscopia - Coloração Giemsa