TRIPTASE

Código:

TRIPTA

Sinônimo:

Tryptase soro

Material:

SORO REF 891

Volume:

2,0 mL

Método:

Fluoroenzimaimunoensaio

Volume Lab:

1.5 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

8 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Dia

0

3

30

Coleta:

Jejum não obrigatório.

Interpretação:

A tiptase é liberada dos mastócitos desgranulados e geralmente refletem o aumento de mastócitos. Juntamente com a histamina, é também liberada nas reações anafiláticas após exposição a alérgenos devido à desgranulação dos mastócitos. A triptase dura de 60 a 90 minutos na circulação, enquanto a histamina tem meia-vida muito curta, de modo que a primeira pode ser mais facilmente dosada nessa condição. Indicação: A triptase é recomendada na avaliação diagnóstica de mastocitose sistêmica e de anafilaxia sistêmica. Interpretação clínica: São dosadas as formas alfa e beta da triptase o que aumenta a sensibilidade para o diagnóstico da mastocitose e da desgranulação de mastócitos. A sua interpretação deve ser considerado no contexto clínico de cada paciente. Geralmente refletem o aumento de mastócitos em pacientes com todas as formas de mastocitose sistêmica (indolente, latente, associada a distúrbio clonal hematológico de células não-mastocitoide, agressiva, e leucemia de mastócitos) e à diminuição de mastócitos associada com os tratamentos citoredutores nestas doenças. Outras causas de triptase total elevada incluem anafilaxia sistêmica, leucemia mielóide aguda, várias síndromes mielodisplásicas, síndrome hipereosinofílica associada à mutação FLP1L1-PDGFRA, fase final de insuficiência renal e tratamento da oncocercose . Níveis beta triptase em adultos geralmente refletem a magnitude da ativação de mastócitos e se elevam durante a maioria dos casos de anafilaxia sistêmica, especialmente com a exposição parenteral ao agente desencadeante. Sugestão de leitura complementar: Schwartz LB1. Diagnostic value of tryptase in anaphylaxis and mastocytosis. Immunol Allergy Clin North Am. 2006;26(3):451-63.

Referência:

Inferior a 11,0 ug/L

Importante:
Este teste mede as formas alfa e beta da triptase
o que aumenta a sensibilidade para o diagnóstico
da Mastocitose e da desgranulação de mastócitos
como causa de anafilaxia.