TOXOPLASMOSE - Anticorpos IgM (CMIA)

Código:

TOXOM

Sinônimo:

Anticorpos contra T. gondii.

Material:

Soro

Volume:

1,0 mL

Método:

Imunoensaio Quimioluminescente de Micropartículas - CMIA

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

Hemólise e lipemia acentuados

2 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Dia

0

14

0

Coleta:

Preparo: Este exame não necessita de jejum. Recipiente: Tubo seco ou gel separador Coleta: Realizar coleta utilizando material e recipiente adequados. Aguardar 30 min para retração completa do coágulo. Centrifugar a amostra a 3200 rpm por 12 minutos e acondicionar corretamente.

Interpretação:

Exame utilizado no diagnóstico da toxoplasmose adquirida e congênita, através da detecção de anticorpos das classes IgG, IgM e IgA. Indicação: Diagnóstico da toxoplasmose congênita e adquirida. Interpretação clínica: Na fase aguda anticorpos IgM tornam-se reativos em torno de 2 a 4 semanas após o aparecimento dos sintomas e diminuem progressivamente, desaparecendo após 3 a 9 meses; eventualmente podem permanecer elevados por até um ano. Na gestante é utilizada na consideração do risco de transmissão para o feto. Associado ao IgM, a reatividade dos anticorpos da classe IgA na ausência ou baixos níveis de IgG é típica de toxoplasmose aguda. Geralmente normaliza dentro de 6 meses após o início da infecção. Está positivo na toxoplasmose congênita. Os níveis de IgG aumentam gradualmente e atingem um máximo após 2 a 5 meses do início dos sintomas, geralmente permanecendo positivos por toda a vida. É utilizada para identificar o indivíduo imune; o aumento de quatro vezes em sorologia pareada pode significar reativação em pacientes imunocomprometidos. O perfil sorológico dos pacientes com SIDA e neurotoxoplasmose é semelhante ao da população geral, com infecção inativa. Geralmente não se detecta IgM; os resultados de IgA podem não ser típicos; a IgG não é um marcador diagnóstico, porém sua ausência praticamente afasta o diagnóstico.

Referência:

Não Reagente: Inferior a 0,5 index
Inconclusivo: Entre 0,5 e 1,0 index
Reagente: Superior a 1,0 index
Infecção Recente: Superior a 3,0 index*

*Pacientes com resultados entre 1,0 e 3,0 index é
possível o uso do teste de Avidez de IgG para au-
xiliar na diferenciação entre reativação de infec-
ção pregressa ou infecção primária.