TESTE DE SUPRESSÃO DO CORTISOL APÓS DEXAMETASONA

Código:

TSCRTDEXA

Sinônimo:

Material:

Soro

Volume:

1,0 mL

Método:

Eletroquimioluminescência

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

Ictéricia (concentrações de bilirrubina acima de 40mg/dL), Hemólise (concentrações de hemoglobina acima de 500mg/dL) e Lipemia (concentrações de triglicerídeos acima de 1000mg/dL)

36 horas

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

120

2160

Coleta:

Administrar 1,0 mg de Dexametazona às 23 horas e coletar o cortisol as 8:00 horas do dia seguinte. - Colher amostra em tubo com gel separador; - Aguardar 30 minutos para retração do coagulo; - Centrifugar a 2200xg por 10 minutos; - Aliquotar 1 mL de soro em tubo de transporte estéril; - Encaminhar amostra sob refrigeração, de 2° a 8° C. **** Importante **** Quando o cliente for realizar o exame TSCRTDEXA - TESTE DE SUPRESSÃO DO CORTISOL APÓS DEXAMETASONA. Não se pode coletar nenhum outro exame pois a dexametasona interfere nos resultados. Volume mínimo de 540 uL

Interpretação:

Uso: determinação da resposta adrenal ao ACTH; diagnóstico diferencial de insuficiência adrenal.

Referência:

O cortisol após dexametasona deverá estar abaixo
de 2,0 ug/dL.