OXCARBAZEPINA

Código:

OXCAR

Sinônimo:

Trileptal

Material:

Moro TOX

Volume:

2,0 mL

Método:

Cromatografia Líquida de Alto Desempenho (HPLC)

Volume Lab:

2,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

5 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Hora

0

30

0

Coleta:

Jejum não necessário. O material devera ser coletado de 30 a 60 minutos antes da próxima administração ou a critério médico. - Lipemia e hemólise atuam como interferentes. - Colher um tubo de soro SEM gel. Aguardar a retração do coagulo por aproximadamente 30 minutos em Temperatura ambiente e centrifugar. A amostra deve ser centrifugada ate, no Maximo, 1 hora apos coleta. Transferir o soro para um tubo de transporte (alíquota) e refrigerar até o envio.

Interpretação:

Exame utilizado para monitoração de dose de agente terapêutico pertencente à classe dos antiepilépticos. Interpretação clínica: Após a administração oral a oxcarbazepina é completamente absorvida e a maior parte é metabolizada no metabólito ativo (10-monohidróxi derivado, MHD) o qual é primariamente responsável pelo efeito farmacológico deste medicamento. Não sofre efeito da alimentação. Os picos de concentração plasmática da oxcarbazepina são obtidos num período de 4 horas e sua meia vida plasmática é curta, entre 1,3 e 2,3 horas. A excreção da mesma e seumetabólito principalmente renal. Sugestão de leitura complementar: Oxcarbazepina. Disponível em http://www.infarmed.pt/infomed/download_ficheiro.php?med_id=19202&tipo_doc=rcm, consulta em 11 de março de 2015.

Referência:

Faixa Terapêutica: 13 a 30 mg/L