Niemann-Pick tipo C (NPC1) - sequenciamento

Código:

NPC1

Sinônimo:

Material:

Sangue EDTA EXT

Volume:

5,0 mL

Método:

Técnica Sequenciamento

Volume Lab:

5,0 mL

Rotina:

Resultado em:

Interferentes:

120 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

480

0

Coleta:

Coletar 1 tubo de sangue total com EDTA. - Não é necessário jejum. - Importante: Enviar pedido médico e resumo da história clínica do paciente.

Interpretação:

Gene: NPC1 Mutações: SEQUENCIAMENTO Niemann-Pick tipo C é uma lipidose lisossomal complexa que resulta na afetação neurológica progressiva e hepatoesplenomegalia. A idade inicial varia entre o período perinatal e a idade de 50 anos ou mais. A descoberta de hepato e/ou esplenomegalia em criança é um sinal muito frequente, que pode permanecer isolado durante um período muito variável, antes do início dos sintomas neurológicos. A idade de aparição destes sintomas e sua evolução determinará o grau de severidade da doença. Na forma severa infantil (20 % dos casos), o início da afetação neurológica é produzido antes dos 2 anos, início entre as idades de 3-15 anos (forma infantil tardia e juvenil; 60-70 % dos casos) ou posterior (forma adulta, 10 % dos casos, com maior frequência de transtornos psiquiátricos). A transmissão é autossômica recessiva. O estudo genético molecular de NPC1 e NPC2 detecta mutações causadoras da doença em, aproximadamente, 94 % dos indivíduos com a doença. O gene NPC1 sofre mutação em 90 % das famílias. Foram identificadas mais de 230 mutações, sendo as mais frequentes: I1061T (20 % dos alelos), P1007A (fenótipo variante). A mutação G992W é típica da forma Nova Escócia (anteriormente designada como tipo D). O gene NPC2 apresenta mutações em 5 % dos indivíduos com a doença. Os testes de portador para os familiares em situação de risco e os testes pré-natal para gravidez de maior risco são possíveis se as mutações que causam as doenças foram identificadas na família.

Referência: