Neurocisticercose, Anticorpos - Líquor

Código:

CISTL

Sinônimo:

Sorologia para cisticercose

Material:

Liquor EXT

Volume:

2,0 mL

Método:

Imuno enzimático

Volume Lab:

2,0 mL

Rotina:

Resultado em:

Interferentes:

15 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

24

360

8640

Coleta:

Médico neurologista

Interpretação:

Exame utilizado na complementação diagnóstica de cisticercose. O homem é o hospedeiro definitivo da Taenia solium e também pode ser hospedeiro intermediário pela ingestão de água ou verduras foliáceias contaminadas, por ovos ou proglotes, desenvolvendo a forma mais grave, que é a cisticercose. Indicação: A pesquisa de anticorpos no soro e liquor pode ser utilizada de forma complementar ao diagnóstico por neuroimagem. Interpretação clínica: São comuns as reações cruzadas com Echinococcus granulosus e Hymenolepis nana. Os anticorpos podem persistir anos após a morte dos parasitas, não devendo, o encontro de sorologia positiva em pacientes com lesões calcificadas, ser interpretado como presença de parasitas vivos. Falso-negativos podem ser observados na presença de carga parasitaria baixa, sendo que apenas 28% dos pacientes com lesão cerebral única tem sorologia positiva. Sugestão de leitura complementar: Del Brutto OH. Diagnostic criteria for neurocysticercosis, revisited. Pathog Glob Health 2012;106(5):299-304. Sahu PS, Seepana J, Padela S, Sahu AK, Subbarayudu S, Barua A. Neurocysticercosis in children presenting with afebrile seizure: clinical profile, imaging and serodiagnosis. Rev Inst Med Trop Sao Paulo 2014; 56(3):253-8.

Referência:

Não reagente

ATENÇÃO: Alteração da metodologia a partir de
08/06/2020.