METADONA

Código:

METADONA

Sinônimo:

Material:

Urina DA

Volume:

5,0 mL

Método:

Imunoenzimático Colorimétrico / Cinético (Jaffe modificado)

Volume Lab:

5 dia(s)

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

5 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

720

2160

Coleta:

DOCUMENTO OBRIGATÓRIO: Sessão de downloads site Alvaro REQ02602 Questionário Controle de Custódia - Teste de Triagem de Drogas de Abuso e Substâncias Psicoativas - Urina/Versão 5.0 - Conforme orientação médica. Critérios de rejeição: -Amostra sem identificação; -Material inadequado; -Volume insuficiente; -Tubo aberto; -Contaminação da amostra; -Tubo de coleta danificado.

Interpretação:

Exames utilizados na pesquisa de dose deste opiáceo sintético, com finalidade terapêutica ou não. Sinônimos: - Indicação: Avaliação de dose de metadona. Interpretação clínica: Devido a sua característica lipossolúvel, a metadona administrada por via oral é bem absorvida pelo tubo digestivo. É metabolizada principalmente no fígado se transformando em metabólitos inativos. Circula ligada à albumina e outras proteínas plasmáticas e tissulares, o que pode explicar seus efeitos cumulativos e lenta velocidade de eliminação, sendo sua taxa de fixação às proteínas plasmáticas de 60 a 90%. A meia-vida plasmática é de 12 a 18 horas após a administração oral única, e varia nos pacientes adictos, sendo que os que estejam recebendo 100 a 200 mg de metadona por dia, a meia-vida plasmática é de 13 a 47 horas. A excreção urinária é dose-dependente e representa a principal via de eliminação. Após a administração de uma dose única de metadona 20% são excretados pela urina sob a forma não modificada e 13% sob a forma metabolizada. O nível de decisão é de 300 ng/mL. Sugestão de leitura complementar: Druid H, Holmgren P. Compilation of therapeutic, toxic, and fatal concentration of drugs. Journal of toxicology. Clinical toxicology 1998; 36: 133-4. Winek CL, Wahba WW, Winek Jr CL, Balzer TW. Drug and chemical blood-level data. Foren Sci Internat 2001; 122: 107-23.

Referência:

Metadona:
Negativo
Nível de Decisão: 300 ng/mL

Creatinina:
50,0 a 300,0 mg/dL

ATENÇÃO: Alteração do valor de referência e meto-
dologia a partir de 15/07/2019.

Valor de referência antigo:
Negativo

Nota:Resultados da detecção de drogas em amostras
de urina, sofrem influência de diversos fatores
relacionados a substância pesquisada,a metodologia
empregada, a condições inerentes ao paciente,além
da própria amostra utilizada.Resultados positivos
obtidos em testes de triagem devem ser interpreta-
dos com cautela,e,na ausência de correlação clíni-
co laboratorial,deverão ser empregadas metodolo-
gias confirmatórias.

Metodologia antiga:
Imunoenzimático Colorimétrico