LEPTOSPIROSE - Anticorpos IgG

Código:

LEPTOG

Sinônimo:

Material:

Soro Manual

Volume:

1,0 mL

Método:

ELISA

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

4 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Mes

7

12

Coleta:

Orientações de coleta: 1 - Coletar amostra em tubo gel; 2 - Aguardar 30 min para retração do coagulo; 3 - Realizar a centrifugação em 3.200 RPM por 12 min; 4 - Encaminhar amostra sob refrigeração, de 2ºC a 8ºC.

Interpretação:

Durante avaliação das síndromes febris é de extrema importância o diagnóstico clínico-epidemiológico e ao se associar técnicas para detecção de doença aumenta-se a chance do diagnóstico preciso e consequentemente do tratamento correto para o paciente. A leptospirose, devido a sua forma de transmissão, apresenta maior incidência durante o período de maior precipitação. Indicação: Diante da suspeita clínica de leptospirose bem como no diagnóstico diferencial das síndromes febris (como a dengue). Interpretação clínica: Anticorpos da classe IgM começam a surgir a partir do terceiro dia de infecção, podendo persistir até 5 meses. Os testes de detecção de anticorpos são realizados apenas na fase tardia. O teste sorológico pelo método ELISA só permite a identificação da infeção a partir do 5º dia do início dos sintomas.

Referência:

Negativo: Inferior a 10 U/mL
Indeterminado: 10 a 15 U/mL
Positivo: Superior a 15 U/mL