Imunofixação de Proteínas em Soro

Código:

IFIX

Sinônimo:

Eletroforese de imunoglobulinas

Material:

Soro Manual PROT

Volume:

3,0 mL

Método:

Imunofixação em Gel de Agarose

Volume Lab:

3,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

10 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Dia

Dia

0

70

60

Coleta:

Jejum não necessário. Orientações de coleta: 1 - Coletar amostra em tubo gel; 2 - Aguardar 30 min para retração do coagulo; 3 - Realizar a centrifugação em 3.200 RPM por 12 min; 4 - Encaminhar amostra sob refrigeração, de 2ºC a 8ºC.

Interpretação:

Exame utilizado na detecção de proteínas específicas monoclonais para auxiliar no diagnóstico de gamopatias, como o mieloma múltiplo, a macroglobulinemia de Waldenström e a amiloidose. Caracteriza-se pela visualização de bandas de precipitação (resultado final da imunoprecipitação de frações das imunoglobulinas). Aumento ou diminuição denotam variações das imunoglobulinas e suas cadeias, enquanto a banda monoclonal indica a presença de imunoglobulinas monoclonais. Indicação: Disgamaglobulinemia, Kappa e Lambda cadeia leve, gamopatia monoclonal, paraproteinemia(como no mieloma múltiplo), macroglobulinemia de Waldenstrom, controle de amiloidose, controle de doenças linfoproliferativas, doenças do tecido conectivo, imunodeficiências. Interpretação clínica: Caracteriza-se pela visualização de arcos de precipitação (resultado final da imunoprecipitação de frações das imunoglobulinas). Um aumento ou uma diminuição denota variações das imunoglobulinas e suas cadeias, enquanto que a deformação indica a presença de imunoglobulinas monoclonais. Portanto, pode ser utilizada na suspeita de distúrbios monoclonais. É possível a existência de imunoglobulinas monoclonais em frações mínimas, não detectadas pela técnica. As imunoglobulinas identificadas são: pré-albumina, albumina, alfa-1- glicoproteína ácida, alfa-1-antitripsina, ceruloplasmina, haptoglobina, alfa-2-macroglobulina, transferrina, C3, IgG, IgA, e IgM. É importante ressaltar que a hemólise ou as lipemias excessivas podem ocasionar interferências ao resultado. Sugestão de leitura complementar: Alejandre ME, et al. Gammapatía monoclonal de significado incierto: factores de pronóstico, evolución y riesgo. Acta bioquím. clín. latinoam. 2013; 47(1): 71-84 .

Referência:

Ausência de bandas monoclonais.