Imunofixação de Proteínas em Líquor

Código:

IFIXL

Sinônimo:

Eletroforese de imunoglobulinas

Material:

LÍQUOR PROT

Volume:

3,0 mL

Método:

Imunofixação em Gel de Agarose

Volume Lab:

3,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

10 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

168

720

Coleta:

Orientações de coleta: 1 - Coleta realizada por procedimento médico. 2 - Enviar o material sob refrigeração (2ºC a 8ºC). O envio de amostra de liquor para este exame poderá ser feito em tubo de transporte, exceto quando cadastrado juntamente com exames de microbiologia, que obrigatoriamente deverá ser enviado no frasco original.

Interpretação:

Exame utilizado na detecção de proteínas específicas monoclonais para auxiliar no diagnóstico de gamopatias, como o mieloma múltiplo, a macroglobulinemia de Waldenström e a amiloidose. Caracteriza-se pela visualização de bandas de precipitação (resultado final da imunoprecipitação de frações das imunoglobulinas). Aumento ou diminuição denotam variações das imunoglobulinas e suas cadeias, enquanto a banda monoclonal indica a presença de imunoglobulinas monoclonais. Indicação: Disgamaglobulinemia, Kappa e Lambda cadeia leve, gamopatia monoclonal, paraproteinemia(como no mieloma múltiplo), macroglobulinemia de Waldenstrom, controle de amiloidose, controle de doenças linfoproliferativas, doenças do tecido conectivo, imunodeficiências. Interpretação clínica: Caracteriza-se pela visualização de arcos de precipitação (resultado final da imunoprecipitação de frações das imunoglobulinas). Um aumento ou uma diminuição denota variações das imunoglobulinas e suas cadeias, enquanto que a deformação indica a presença de imunoglobulinas monoclonais. Portanto, pode ser utilizada na suspeita de distúrbios monoclonais. É possível a existência de imunoglobulinas monoclonais em frações mínimas, não detectadas pela técnica. As imunoglobulinas identificadas são: pré-albumina, albumina, alfa-1- glicoproteína ácida, alfa-1-antitripsina, ceruloplasmina, haptoglobina, alfa-2-macroglobulina, transferrina, C3, IgG, IgA, e IgM. É importante ressaltar que a hemólise ou as lipemias excessivas podem ocasionar interferências ao resultado. Sugestão de leitura complementar: Alejandre ME, et al. Gammapatía monoclonal de significado incierto: factores de pronóstico, evolución y riesgo. Acta bioquím. clín. latinoam. 2013; 47(1): 71-84 .

Referência:

Ausência de bandas monoclonais.