HEMOGLOBINA FETAL

Código:

HBFET

Sinônimo:

HbF

Material:

Sangue total EDTA

Volume:

5,0 mL

Método:

Eletroforese em Capilar/Cromatografia Liquida de Alta Performance - HPLC

Volume Lab:

5,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

72 horas

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Dia

Hora

0

7

0

Coleta:

Orientações de coleta: 1 - Jejum não necessário; 2 - Coletar amostra no tubo com EDTA; 3 - Encaminhar amostra sob refrigeração, de 2ºC a 8ºC. 4 - Evitar o contato direto com o gelo.

Interpretação:

Hemoglobina Fetal é considerado como uma hemoglobina no adulto com alta afinidade para oxigênio. É considerado mais estável que a hemoglobina A, HbA, e representa 20 % da hemoglobina circulante. Indicação: Deve ser investigada em casos de identificado alteração na eletroforese de hemoglobina, complemento diagnóstico das talassemias e interação talassemia/hemoglobina anormal, anemia falciforme e suspeita da persistência de hemoglobina fetal Interpretação clínica: A persistência de hemoglobina fetal no adulto é encontrado num rara desordem genética . Pode estar aumentada nas anemias aplásticas, perniciosas e estados mieloproliferativos. Sugestão de leitura complementar: Lilianne B. Silva, Romélia P. Gonçalves, Michele F. Martins. Estudo da correlação entre os níveis de hemoglobina fetal e o prognóstico dos pacientes com anemia falciforme. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/rbhh/2009nahead/aop8509.pdf, consulta em 17 de fevereiro de 2015.

Referência:

Criança
1 a 7 dias : Até 84%
8 a 60 dias : Até 77%
2 a 4 meses : Até 40%
4 a 6 meses : Até 7%
7 a 12 meses : Até 3,5%
12 a 18 meses : Até 2,8%
Adulto : 0,0 a 2,0%