HANTAVIRUS ANTICORPOS IgG/IgM

Código:

HANTAVIR

Sinônimo:

Sorologia contra Hantavirus

Material:

Soro EXT

Volume:

2,0 mL

Método:

ELISA

Volume Lab:

2,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

10 dia(s)

Temperatura:

Ambiente

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Dia

Dia

Dia

7

14

30

Coleta:

Jejum não obrigatório. - Coletar sangue sem anticoagulante, esperar retrair o coágulo; - Centrifugar e separar o soro; - Enviar em temperatura ambiente.

Interpretação:

Três linhagens patogênicas de Hantavirus foram caracterizadas no Brasil: Juquitiba, Araraquara e Castelo dos Sonhos. O diagnóstico laboratorial da hantavirose pode ser sorológico ou virológico, a partir de sangue ou material de necropsia, de humanos e de roedores. Indicação: Diagnóstico de hantavirose. Interpretação clínica: A detecção de anticorpos IgM sensibilidade de 95% na fase aguda da doença, possibilitando um diagnóstico rápido. A detecção de anticorpos IgG pode ser empregada utilizando-se duas amostras para verificação de conversão sorológica. Sugestão de leitura complementar: Johnson AM, Souza LTM, Ferreira IB, Pereira LE, Ksiazek TG, Rollin PE, et al. Genetic investigation of novel hantaviruses causing fatal HPS in Brazil. Jour Med Virol 1999; 59:527-35. Katz G, Williams RJ, Burt, MS, Souza LTM, Pereira LE, Mills JN, et al. Hantavirus Pulmonary Syndrome in the State of São Paulo, Brazil, 1993-1998. Vector Borne and Zoonotic Diseases 2001;1:181-9

Referência:

Negativo


ATENÇÃO: Alteração do valor de referência a partir
de 27/08/2018.

Valor de referência antigo:
Anticorpo não detectado: Inferior a 2,00
Anticorpo detectado: Igual ou Superior a 2,00