GENTAMICINA

Código:

GENTA

Sinônimo:

Material:

Soro TOX

Volume:

3,0 mL

Método:

Partículas para Imunoensaio de inibição turbidimétrico melhorado de partículas homogêneas (PETINIA)

Volume Lab:

3,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

1 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

168

0

Coleta:

Coletar sangue sem anticoagulante, esperar retrair o coágulo. Centrifugar, separar o soro e enviar refrigerado. Amostra deve ser refrigerada após a coleta Crutérios de rejeição: -Amostra sem identificação; -Amostra inadequada (hemólise ou lipemia); -Tubo de coleta danificado; -Amostra coagulada; -Contaminação evidente na amostra.

Interpretação:

Exame que se propõe a avaliar os níveis do antibiótico aminoglicosídeo Gentamicina. Indicações: É recomendável que, periodicamente, seja controlada a concentração sérica de Gentamicina durante o tratamento para evitar níveis excessivos da medicação. Interpretação clínica: O pico de concentração entre 30 e 60 minutos após a administração intramuscular é esperado na faixa de 4 a 6 µg/mL em adultos e de 3 a 5 µg/mL em crianças. Deve-se evitar níveis séricos acima de 12 µg/mL e considerar doses menores em pacientes com insuficiência renal. A determinação da concentração sérica adequada em determinado paciente deve levar em conta a sensibilidade do germe causal, a gravidade da infecção, e o estado imunológico do paciente. Sugestão de leitura complementar: Machado MLM. Monitorização farmacocinética de gentamicina num serviço de medicina interna. Tese de Mestrado. Faculdade de Farmácia (FF). Universidade de Lisboa. 2008. Skopnik H, Wallraf R, Nies B, et al. Farmacocinética e antibacteriano atividade de gentamicina diária. Arch Dis Childhood 1002; 67(1 Spec No):57-61.

Referência:

Pico: 4,0 a 8,0 ug/mL
Após o pico: 1,0 a 2,0 ug/mL