FLT3 mutação carga alélica (ITD e TKD D835)

Código:

MUTFLT

Sinônimo:

Pesquisa De Mutação Nos Genes Flt3 E Npm1/

Material:

Sangue EDTA - Biomol

Volume:

10,0 mL

Método:

PCR + Análise de Fragmentos

Volume Lab:

10,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

7 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

168

0

Coleta:

* Coletar 1 tubo de EDTA 4mL para amostras de SANGUE OU 1 tubo para amostras de MEDULA OSSEA, (de acordo com o pedido médico). *Manter e transportar a amostra sob refrigeração. *Proteger a amostra afim de evitar contato direto com o gelo. **Enviar junto com a amostra: * REQ03448 - Termo de Consentimento para Testes Geneticos (devidamente preenchido e assinado) e *Copia pedido médico. **Atenção** É imprescindível o envio dos documentos solicitados para a análise do exame.

Interpretação:

Mutações no gene FLT3 possuem relevância clínica pois estão associadas ao prognóstico da Leucemia Mieloide Aguda (LMA). A estratificação de risco da LMA é associada a carga alélica do gene FLT3. A identificação de alterações no gene FLT3 direciona o tratamento para o uso de inibidores específicos de FLT3.

Referência:

Mutação não detectada