EPSTEIN BARR - Anticorpos IgM - (VCA)

Código:

EBM

Sinônimo:

Mononucleose IgM, Anti capsideo viral ( VCA ) IgM

Material:

Soro Manual

Volume:

1,0 mL

Método:

Quimioluminescência - CLIA

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

Hemólise, lipemia e bilirrubinemia muito elevados.

3 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

0

68

2160

Coleta:

Jejum não necessário.

Interpretação:

Epstein Barr que causa a mononucleose infecciosa clássica e, eventualmente, está implicado na patogênese do linfoma de Burkitt, carcinomas de nasofaringe e em desordens linfoproliferativas em pacientes imunodeprimidos. Indicação: Determinar a presença de anticorpos específicos para antígenos virais, em especial dos direcionados ao antígeno do capsídeo viral (VCA) e ao antígeno nuclear (EBNA). Interpretação clínica: Durante o curso da mononucleose infecciosa, os anticorpos da classe IgM e IgG para VCA aparecem precocemente, enquanto o IgG para EBNA se desenvolve mais tardiamente durante a infecção. A presença de IgM contra VCA na ausência de IgG contra EBNA indica que há uma infecção corrente, ao passo que a presença de IgG contra ambos os VCA e EBNA é indicativa de uma infecção anterior. Sugestão de leitura complementar: Balfour HH, Jr, Odumade OA, Schmeling DO, Mullan BD, Ed JA, Knight JA, et al. Behavioral, virologic, and immunologic factors associated with acquisition and severity of primary Epstein-Barr virus infection in university students. J Infect Dis. 2013;207:80-88. Balfour Jr HH, Dunmire SK, Hogquist KA. Infectious mononucleosis. Clin Transl Immunology 2015; 4(2): e33.

Referência:

Não Reagente: Inferior a 20 U/mL
Inconclusivo: Entre 20 e 40 U/mL
Reagente: Superior a 40 U/mL