CITRATO - urina amostra isolada

Código:

CITRAISO

Sinônimo:

Citratúria, acido citrico

Material:

Urinas Manuais - Ácidos

Volume:

5,0 ml

Método:

Enzimático colorimétrico

Volume Lab:

5,0 ml

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

4 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Dia

Mes

0

14

2

Coleta:

Urina amostra isolada de qualquer micção com intervalo de 2 horas ou a critério do medico assistente. O 1º jato de urina deve ser desprezado, coletar o 2º jato. Enviar a amostra em tubo de transporte.

Interpretação:

O ácido cítrico previne a formação de cálculos renais uma vez que forma complexos solúveis com o cálcio, diminuindo o cálcio livre. Hipocitratúria é encontrada em 20-40% dos pacientes formadores de cálculos, seja como distúrbio isolado ou em combinação com outras anormalidades metabólicas. A hipocitratúria pode ser idiopática ou secundária a doença sistêmica como acidose tubular renal, doença diarréica crônica, acidose metabólica, hipocalemia e hipomagnesemia. Indicações: Investigação etiológica da nefrolitíase Interpretação clínica: Valores diminuídos favorecem a formação de cálculos renais. Obs: como ácido cítrico aumenta com a osteólise, devido à liberação óssea, a sua dosagem no sangue já foi utilizada no passado na avaliação do metabolismo ósseo. Atualmente, com a dosagem de marcadores específicos caiu em desuso. Sugestão de leitura complementar: Penido MGMG1, Diniz JSS, Guimarães MM e col. Excreção urinária de cálcio, ácido úrico e citrato em crianças e adolescentes sadios. Pediatr 2002;78(2):153-60.

Referência:

Relação Citrato/Creatinina
Até 5 anos: 200,0 a 420,0
Acima de 5 anos: 140,0 a 250,0