CA 19-9 - LIQUIDOS

Código:

CA19L

Sinônimo:

CA GI, cancêr de colo-retal e neoplasias pancreas

Material:

Liquido cavitario

Volume:

2,0 mL

Método:

Eletroquimioluminescência

Volume Lab:

2,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

48 horas

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

120

2160

Coleta:

Jejum não obrigatório. Orientações de coleta: 1 - Coleta realizada por procedimento médico. 2 - Enviar o material sob refrigeração (2ºC a 8ºC). **** Importante **** Volume mínimo de 540 uL

Interpretação:

Uso: monitoramento de neoplasias de pâncreas e câncer colo-retal. CA 19.9: Mucina de alto peso molecular e rica em carbohidratos utilizada na monitoração do tratamento de carcinomas, principalmente do pâncreas, e também nos do estômago, fígado, vias biliares e colon. Sinônimos: Antígeno de Câncer 19.9; marcador de câncer 19.9. Indicação: Monitorização do tratamento quanto à recidiva e presença de metástases de carcinomas, principalmente os do pâncreas. Associado e métodos de imagem, pode ser um adjuvante para o diagnóstico. Interpretação clínica: Tem utilidade limitada no diagnóstico do Ca de pâncreas encontrando-se positivo em 70-80% dos casos e seus níveis têm correlação com o tamanho do tumor - níveis mais elevados são observados em tumores com mais de 5 cm. É o marcador com melhor acurácia para a monitoração após o tratamento. Em outros Ca do sistema gastrointestinal tem baixa sensibilidade: Ca colorretais = 53%, gástricos = 25% e esofageanos = 18% . A especificidade é de 86%, se analisados em conjunto. Também pode estar positivo nos de pulmões, mamas, renais e de próstata. Se combinado com CEA a sua sensibilidade aumenta no diagnóstico dos demais tumores gastrointestinais. Atente-se que doenças benignas também podem cursar com aumento do CA19.9, como pancreatite, doenças autoimunes, cirrose e intestinais. O nível varia durante o ciclo menstrual, sendo mais alto durante a menstruação. O conhecimento de que uma elevação fisiológica pode ocorrer nesse período pode evitar interpretações equivocadas dos resultados. Valores aumentados: carcinoma pancreático (72 a 100%), carcinoma hepatocelular (67%), carcinoma gástrico (62%), carcinoma coloretal (19%) e patologias não neoplásicas (pancreatite - 96%).. Sugestão de leitura complementar: National Comprehensive Cancer Network, Inc. 2015. NCCN Guidelines: Pancreatic Adenocarcinoma. Version 2.2015, disponivel em https://www.nccn.org/store/login/login.aspx?ReturnURL=http://www.nccn.org/professionals/physician_gls/pdf/pancreatic.pdf, consulta em 16 de maio de 2015. Philip PA, Mooney M, Jaffe D, et al. Consensus report of the national cancer institute clinical trials planning meeting on pancreas cancer treatment. J. Clin. Oncol 2009;27:5660-9.

Referência:

Esta dosagem não é citada para o referido material
de acordo com recomendações do fabricante.
Valores de referência não são fornecidos ficando
a avaliação do resultado a critério médico.