Brucella spp.

Código:

BRUCEPCR

Sinônimo:

Brucelose

Material:

Sangue EDTA EXT

Volume:

2,0 mL

Método:

PCR em Tempo Real (Nested PCR)

Volume Lab:

2,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

20 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Dia

0

7

0

Coleta:

Realizado em: - LCR, soro ou líquido articular: enviar ao menos 2 mL de amostra, congelada. - Sangue total-EDTA: enviar ao menos 2 mL de amostra, refrigerada.

Interpretação:

A Brucella sp é o agente causador da Brucelose, que é uma zoonose caracterizada por uma infecção granulomatosa crónica com envolvimento sistémico. É uma bactéria gram-negativas que quando chega aos gãnglios regionais linfáticos pode migrar para a corrente sanguinea e atingir órgãos como o fígado, baço, osso, testículo, endocárdio, com formação de granulomas ou abcessos (mais frequente com B. melitensis e B. suis). Sugestão de leitura complementar: ALMEIDA, A.C.; SANTORELLI, A.; BRUSADELLI, R.M.Z. et al. Soroepidemiologia da brucelose canina causada por Brucella canis e Brucella abortus na cidade de Alfenas, MG. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.56, p.275-276, 2004. [ Links ] BAILY G.G.; KRAHN, J.B.; DRASAR, B.S. et al. Detection of Brucella melitensis and Brucella abortus by DNA amplification. J. Trop. Med. Hyg., v.95, p.271-275, 1992. [ Links ]

Referência:

Não detectado

Este exame tem uma sensibilidade de 99% e uma es-
pecificidade de 98%.