BCRABL1 quantitativo P190

Código:

T190

Sinônimo:

Quantificação por PCR em Tempo Real BCR-ABL/

Material:

Sangue total

Volume:

12,0 mL

Método:

RT-PCR

Volume Lab:

12,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

6 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

0

48

0

Coleta:

*Coletar 4 tubos EDTA 4mL ou asprirado de medula ossea em EDTA. *Manter e enviar a amostra refrigerada e estabilidade sao 48horas. *Proteger a amostra afim de evitar contato direto com o gelo. *Obs.: Em casos de leucemia linfocitica aguda, enviar apenas aspirado de medula ossea. * Para coletas de medula deve ser enviado o volume minimo de 2 mL. **Enviar junto com a amostra: * * REQ02316 - Questionário de Translocações (devidamente preenchido e assinado) * copia pedido medico **Atenção** É imprescindivel o envio dos documentos solicitados para a análise do exame.

Interpretação:

O cromossomo Philadelphia resulta de uma translocação balanceada entre o cromossomo 9 e 22, t(9;22) (q34; q11), o qual gera uma proteína de fusão BCR-ABL que apresenta atividade domínio tirosina quinase aumentada. Esta translocação está presente em aproximadamente 5% dos casos de leucemia linfoide aguda pediátrica, 20% da leucemia linfoide aguda em adultos. Este teste quantifica o transcrito e1a2 que codifica a p190. A e1a2 é predominante na LLA pediátrica e ocorre em cerca de 2/3 dos pacientes adultos com LLA Ph+. Avaliação da resposta terapêutica para inibidores tirosina quinase na LLA Ph+ ou no monitoramento pós-transplante. Este teste quantifica o transcrito p190.

Referência: