BARBITURATO

Código:

BARB

Sinônimo:

Material:

Urina DA

Volume:

Todo volume colhido

Método:

Imunoenzimático Colorimétrico / Cinético (Jaffe modificado)

Volume Lab:

5.0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

2 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

0

0

0

Coleta:

DOCUMENTO OBRIGATÓRIO: Sessão de downloads site Alvaro - Questionário Controle de Custódia - Teste de Triagem de Drogas de Abuso e Substâncias Psicoativas - Urina/Versão 5.0 SQ DASA - REQ02602 Coletar a amostra de maneira assistida (coleta realizada na presença do coletador durante a micção) em FRASCO DE URINA COM LACRE (fornecido pelo laboratório); Preencher o questionário disponível para download no site (Determinação de Drogas de Abuso Alvaro); Enviar o questionário e a amostra em embalagem estilo canguru (fornecida pelo laboratório). Lembrando que após a identificação do frasco, a etiqueta dever ser reemitida 2 vezes, uma para colar no questionário e outra na embalagem.

Interpretação:

O teste detecta a presença de barbitúricos na urina. Indicações: Detecção do uso de barbitúricos. Outras drogas podem ser pesquisadas concomitantemente. Interpretação clínica: O resultado é expresso como positivo ou negativo. Em princípio se considera o limite de duas semanas após o uso para a detecção de barbitúricos na urina. - O tempo pelo qual a urina permanece positiva após o uso da droga depende de vários fatores, a exemplo de: - tipo de usuário (pesado/crônico ou ocasional/agudo); - tipo de droga e dose utilizada; - características individuais: condições físicas, idade, alimentação e quantidade de líquido ingerido. - De uma maneira geral, é possível considerar o limite de duas semanas após o uso para a detecção de barbitúricos na urina - amostras muito diluídas podem apresentar resultado inconclusivo, implicando a necessidade de nova coleta. Sugestão de leitura complementar: Barbitúricos. Disponível em http://ltc-ead.nutes.ufrj.br/toxicologia/mV.im.barb.htm, consulta em 26 de janeiro de 2015. Brunton LL, Chabner BA, Knollmann BC. Barbitúricos. As Bases Farmacológicas da Terapêutica de Goodman & Gilman - 12ed. 2012.

Referência:

Barbiturato:
Negativo
Nível de Decisão: 200 ng/mL

Creatinina:
50,0 a 300,0 mg/dL

ATENÇÃO: Alteração do valor de referência e meto-
dologia a partir de 05/08/2019.

Valor de referência antigo:
Negativo
Nota:Resultados da detecção de drogas em amostras
de urina, sofrem influência de diversos fatores
relacionados a substância pesquisada,a metodologia
empregada, a condições inerentes ao paciente,além
da própria amostra utilizada.Resultados positivos
obtidos em testes de triagem devem ser interpreta-
dos com cautela,e,na ausência de correlação clíni-
co laboratorial,deverão ser empregadas metodolo-
gias confirmatórias.

Metodologia antiga: Imunoenzimático