Anticorpos PCNA, soro

Código:

PCNA

Sinônimo:

Anti-PCNA; auto-anticorpos contra PCNA;

Material:

Soro congelado EXT

Volume:

1,0 mL

Método:

Imunofluorescência Indireta

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Resultado em:

Interferentes:

10 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

0

0

720

Coleta:

Coletar um tubo de sangue total sem anticoagulanete, centrifugar, separar 1,0 mL de soro e enviar congelado.

Interpretação:

São anticorpos dirigidos contra a clclina Proliferating Cell Nuclear Antigen (PCNA), identificado em células proliferativas na fase S como uma subunidade da DNA polimerase gama. Ocorrem no Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), mas não em outras doenças do colágeno. É usado também em estudos associando o prognóstico dos tumores. Indicações: Avaliação da progressão de tumores e seu prognóstico. Intepretação clínica: Estes anticorpos são detectados em uma pequena parte de de pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), mas, como não ocorrem em outras doenças do colágeno,são específicos para esta doença. Os pacientes anti PCNA Reagentes sofrem uma maior incidência de glomerulonefrite difusa. A sensibilidade é associada ao nívem de antígenos PCNA. Sugestão de leitura complementar: Yin P, Navarro A, Fang F, Xie A, Coon JS, Richardson C, Bulun SE. Early growth response-2 expression in uterine leiomyoma cells: regulation and function. Fertil Steril 2011; 96(2): 439-44.

Referência:

Negativo: Título Inferior a 1/160

ATENÇÃO: Alteração do valor de referência e meto-
dologia a partir de 18/04/2019.

Valor de referência antigo:
Não reagente
Obs:Anticorpos anti-antígeno nuclear de células em
proliferação. Ocorrem em cerca de 5% dos pacientes
com Lupus Eritomatoso Sistêmico, guardando alta
especificidade diagnóstica para a doença.

Metodologia antiga:
Imunofluorescência Indireta em células HEP-2