Anticorpos Neuronais - Painel

Código:

ANEURO

Sinônimo:

PAINEL DE ANTICORPOS PARANEOPLÁSICOS

Material:

Soro congelado EXT

Volume:

3,0 mL

Método:

Imunohistoquímica

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Resultado em:

Interferentes:

Hemólise, Lipemia, Crescimento bacteriano

35 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Dia

Dia

0

7

30

Coleta:

Jejum não necessário. Coletar 1 tubo de sangue total, centrifugar e encaminhar 3,0 mL de soro congelado.

Interpretação:

As síndromes paraneoplasicas são um grupo de síndromes neurológicas decorrentes de mecanismos de agressão imunológica desencadeados por neoplasias malignas. A sintomatologia da neoplasia maligna é muito variada e se relaciona com o tumor primário e com as suas complicações locais e distantes. Localmente, os sintomas e sinais provocados pelo tumor são próprios do órgão ou do sistema acometido. Síndromes diversas, como febre de origem desconhecida, anorexia, emagrecimento, manifestações de substâncias biologicamente ativas produzidas pelo tumor, e os achados clínicos relacionados com as metástases à distância são repercussões orgânicas que podem compor o quadro clínico do câncer. As síndromes paraneoplásicas são raras e, quando ocorrem, geralmente acompanham tumores de pulmão, mama, ovário e retroperitônio. Podem se manifestar de maneiras diversas, acometendo principalmente os sistemas neuromuscular, vascular, ósseo, articular e glandular. Relacionam-se com a produção, pelo tumor maligno, de substâncias biologicamente ativas e podem preceder, até em anos, a fase clínica do tumor. É importante ressaltar que a síndrome paraneoplásica é fator agravante do prognóstico e que seu controle depende do controle do tumor. Das síndromes paraneoplásicas, as mais bem compreendidas são as hormonais.

Referência:

Negativo