Anticorpos IgG anti Coxiella burnetti (Febre Q) (Fase I+ II)

Código:

COXIG

Sinônimo:

Sorologia para febre Q

Material:

Soro congelado EXT

Volume:

1,0 mL

Método:

Imunofluorescência indireta

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

Hemólise,Lipemia,Crescimento bacteriano

20 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

48

360

8640

Coleta:

Interpretação:

Coxiella burnetii é o agente etiológico causador de Febre Q, uma doença febril, frequentemente aguda, causando cefaléia intensa, mialgia e fadiga. Pode evoluir para doença crônica, sendo a principal manifestação a endocardite. O diagnóstico é realizado pela sorologia, com aparecimento de IgM nos casos agudos e pelo aumento de 4 vezes do IgG em exames pareados. Indicação: Diagnóstico de febre Q, causada por Coxiella burnetii. Interpretação clínica: A elevação dos títulos de IgG em 4 vezes em amostras pareadas com intervalo de 2 semanas é diagnóstica de Febre Q. O aparecimento de IgM também leva ao diagnóstico sorológico de doença aguda. IgM é menos importante nos casos crônicos (endocardite), utilizando-se o pareamento do IgG como ferramenta diagnóstica. Sugestão de leitura complementar: McQuiston JH, Thompson HA. Coxiella burnetii (Q Fever). In: Long: Principles and Practice of Pediatric Infectious Diseases, 2nd ed., 2003. Churchill Livingstone.

Referência:

Negativo: Inferior a 1/20