ANTICORPOS IgG/IgM PARA GM1

Código:

GM1

Sinônimo:

Material:

Soro congelado EXT

Volume:

1,0 mL

Método:

Enzimaimunoensaio

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

15 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

48

360

Coleta:

Jejum não necessário. - Enviar mínimo de 1,0 mL de soro congelado.

Interpretação:

Uso: diagnóstico de distúrbios neurológicos, esclerose múltipla, neuropatia multifocal. O teste para anticorpos GM1 foi projetado para auxiliar o monitoramento de mudanças em níveis deste anticorpo antes, durante e depois de tratamento, podendo ser útil ao clínico, junto com outros testes e sintomas clínicos para a avaliação e tratamento destes pacientes. A Gangliosidose GM1 é uma doença de armazenamento celular causada pela deficiência da enzima beta-galactosidase. Se esta enzima é deficiente ou não funciona, ocorre simultaneamente o acúmulo de gangliosídio GM1 nas células do cérebro e de outras substâncias à base de açúcar e gordura em outros tecidos do corpo. O acúmulo cerebral de GM1 dará origem principalmente às complicações neurológicas enquanto que o acúmulo de outros açúcares com gorduras será responsável pelas alterações viscerais e esqueléticas provocadas pela doença. O diagnóstico da gangliosidose GM1 também pode ser baseado na medida da atividade da enzima beta-galactosidase em sangue ou em células da derme, a segunda camada da pele, os fibroblastos, cultivados. Nos pacientes com gangliosidose GM1, a atividade da enzima está muito baixa ou impossível de ser detectada.

Referência:

Normal: Título inferior a 1:800

Ligeiramente elevado: Título 1:800 a 1:3200

Altamente elevado: Título Superior a 1:6400