ANTICORPOS BARTONELLA (HENSELAE E QUINTANA)

Código:

BARTO

Sinônimo:

Arranhadura de gato, Rochalimaea

Material:

SORO REF 890

Volume:

2,0 mL

Método:

Imunofluorescência Indireta

Volume Lab:

2,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

10 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

168

720

Coleta:

Jejum não necessário.

Interpretação:

A Bartonella hanselae pode causar 3 formas clínicas de doença, duas delas mais graves, reconhecidas como doenças oportunistas no início da epidemia de AIDS. A terceira forma clínica é denominada doença da arranhadura do gato, sendo benigna, autolimitada, caracterizada por linfadenite regional subaguda, ocorrendo após inoculação cutânea por arranhadura ou mordedura de gato. A Bartonella hanselae é um bacilo gram-negativo de difícil cultivo, sendo a sorologia com pesquisa de IgG e IgM uma maneira eficaz de se fazer o diagnóstico. Indicação: Diagnóstico de infecção pela Bartonella hanselae Interpretação clínica: IgM positiva e o acompanhamento de sorologia pareada com IgG ( com intervalo de 10 a 15 dias ) com aumento de 4 vezes na titulação inicial sugerem infecção recente. Ocorrem reações cruzadas ocorrem entre B.henselae e B.quintana e com espécies de Chlamydia e Coxiella burneii. Sugestão de leitura complementar: Hildebrandt A, Hunfeld K-P, Baier M, Krumbholz A, Sachse A, Lorenzen T, Kiehntopf M, Fricke H-J, Straube E. First confirmed autochthonous case of human Babesia microti infection in Europe . Eur J Clin Microbiol & Infect Dis 2007; 26 (8): 595-601

Referência:

B. henselae IgG: Negativo: Título inferior a 1/100
B. henselae IgM: Negativo: Título até 1/10

B. quintana IgG: Negativo: Título até 1/320
B. quintana IgM: Negativo: Título até 1/100
*Fonte: Bula do fabricante