Albumina - Método Nefelometria

Código:

ALBNEFELO

Sinônimo:

Albuminemia

Material:

Soro

Volume:

1,0 mL

Método:

Nefelometria

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

Turvação e presença de partículas.

02 dia(s)

Temperatura:

Refrigerado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

0

96

720

Coleta:

Jejum não necessário. Encaminhar amostra sob refrigeração, de 2ºC a 8ºC.

Interpretação:

A Albumina representa cerca de 60% das proteínas plasmáticas e sua elevação geralmente está relacionada a diminuição da volemia ( desidratação aguda ), já sua elevação está relacionada com redução de sua síntese ( como cirrose hepática e desnutrição ), aumento do catabolismo ( infecções e hipertireoidismo ) ou por perdas anormais ( choque hipovolêmico e síndrome de má absorção intestinal). Indicação: Marcador de desordens do metabolismo protéico (nutricional, síntese reduzida, perda aumentada); avaliação de status nutricional; pressão oncótica sanguínea; doença renal com proteinúria; outras doenças crônicas. Interpretação clínica: A albumina elevada significa desidratação aguda ( geralmente associada a aumento de hemoglobina e hematócrito ). Sua diminuição pode ser encontrada no uso de hidratação venosa (hidratação rápida, hiperhidratação ), cirrose hepática, alcoolismo crônico, na gravidez e uso de anticoncepcionais orais, e em muitas doenças crônicas. Sugestão de leitura complementar: Pericleous M, Sarnowski A, Moore A, Fijten R, Zaman M. The clinical management of abdominal ascites, spontaneous bacterial peritonitis and hepatorenal syndrome: a review of current guidelines and recommendations. Eur J Gastroenterol Hepatol 2015, in press. Zhou Y, Yu Y, Tang Z, Li S, Hu W, Luo C, Liu Z. Peritoneal dialysis treatment for severe lupus nephritis patients complicated with essential organ dysfunction. Exp Ther Med 2015;10(6):2253-8.

Referência:

3,4 a 5,20 g/dL