ÁCIDO SALICÍLICO (ASPIRINA)

Código:

SALI

Sinônimo:

Material:

Soro congelado EXT

Volume:

2,0 mL

Método:

Cromatografia líquida de alta resolução

Volume Lab:

1,0 mL

Rotina:

Resultado em:

Interferentes:

15 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Hora

168

360

1440

Coleta:

Interpretação:

A intoxicação aguda por salicilatos é mais frequente em crianças por ingestão acidental e, em adultos, ocorrem por tentativas de suicídio. Agem no centro termo-regulador do hipotálamo, exercendo ação antipirética em pacientes febris. Em doses tóxicas estimulam o sistema nervoso central diretamente, causando hiperpnéia e alteração metabólica com acúmulo de ácidos orgânicos. Indicação: Avaliação de intoxicação por salicilatos Interpretação clínica: A dose fatal é estimada em 200 a 500 mg/kg. Os menores de três anos são mais suscetíveis do que adultos às ações tóxicas . A dose letal média por via oral é de 20 a 30 gramas em adultos; efeitos tóxicos aparecem quando 10 g ou mais são ingeridos, em dose única ou dividida no período de 12 a 24 horas. Efeitos tóxicos não são comuns com níveis urinários inferiores a 300 mcg/mL. Sugestão de leitura complementar: Salicilatos. Disponivel em http://ltc-ead.nutes.ufrj.br/toxicologia/mV.sali.htm , consulta em 21 de outubro de 2015. Waseem M, Corden TE. Salicylate Toxicity. Disponível em http://emedicine.medscape.com/article/1009987-overview, consulta em 21 d eoutubro de 2015.

Referência:

Nível Terapêutico:
Anestésico/analgésico: 20 a 100 ug/mL
Anti-inflamatório: 100 a 250 ug/mL
Nível Tóxico: Superior a 300 ug/mL