ÁCIDO ORÓTICO

Código:

METAOROTI

Sinônimo:

Screen metabolic; Orotato, vitamina B13

Material:

Urina EXT

Volume:

50,0 mL

Método:

Espectrofotometria

Volume Lab:

50,0 mL

Rotina:

Diária

Resultado em:

Interferentes:

40 dia(s)

Temperatura:

Congelado

Estabilidade da amostra:

Ambiente

Refrigerado

Freezer

Hora

Hora

Dia

0

0

7

Coleta:

Coletar 30,0 mL de urina, congelar e enviar em frasco estéril.

Interpretação:

A enzima ornitina transcarbamilase é, uma das cinco enzimas envolvidas no ciclo da uréia. O ácido orótico é resultado da deficiência desta enzima, que leva a carbamil-fosfato, ao transbordar do ciclo da uréia para o das pirimidinas, tendo como resultado a acidúria orótica. Os metabólitos do ácido orótico são detectados na urina. Indicação: Diagnóstico de alterações do ciclo da uréia Interpretação clínica: Aumento dos metabólitos do ácido orótico sugerem deficiência de ornitina transcarbamilase. Sugestão de leitura complementar: Brosnan ME, Brosnan JT. Orotic acid excretion and arginine metabolism. J Nutr 2007 Jun; 137(6 Suppl 2):1656S-61S. Salerno C, Crifò C. Diagnostic value of urinary orotic acid levels: applicable separation methods. J Chromatogr B Analyt Technol Biomed Life Sci 2002;781:57-71.

Referência:

Recém-nascido até 1 ano:
1,8 a 13,3 mmol/mol Creatinina
1 a 6 anos: 1,9 a 12,0 mmol/mol Creatinina
7 anos a adultos:
0,4 a 5,1 mmol/mol Creatinina

ATENÇÃO: Alteração do valor de referência e meto-
dologia a partir de 30/09/2019.

Valor de referência antigo:
Inferior ou igual a 14,0 ug/mg creat.

Metodologia antiga: Colorimétrico